Comerciantes de José de Freitas se reúnem com Alfredo Holanda para discutir a situação da economia local

Matéria publicada em: 03/02/2020 às 20:51

 

 

Na tarde deste domingo (02), um grupo de empresários do município de José de Freitas esteve reunido com os vereadores de oposição, Alfredo Holanda, Pampa e Roberval Carvalho para discutir a situação econômica da cidade. Na pauta esteve à falta de incentivo à economia local, a realidade de fechamento de negócios, a falta de emprego e renda para a população freitense.

O encontro aconteceu na casa do empresário Renato Ravih e reuniu diversos representantes de seguimentos econômicos, que destacaram a ausência de incentivo público para que a economia local tenha um crescimento. Para Ravih, o município têm uma potencialidade de crescimento, uma vez que encontra-se próximo da capital do Piauí.
“José de Freitas têm uma vantagem em relação a outros municípios. Nossa cidade fica próxima de Teresina, e consequentemente, a cidade deveria aproveitar esse potencial de economia e geração de emprego.”, destaca.

O empresário destaca ainda que é preciso encontrar uma forma em que o comércio cresça e isso possa refletir na geração de emprego e renda para os cidadãos do município para que o cenário atual possa ser diferente.
“É preciso que haja o incentivo correto em que os empreendimentos locais sejam lembrados e incentivados. É preciso haver uma maior lembrança do gestor municipal para com os empresários locais e assim, mais estes consigam gerar emprego e renda para os cidadãos”, concluiu Ravih.

Para o vereador Alfredo Holanda, José de Freitas não está conseguindo desenvolver sua economia por falta de incentivo do poder municipal, que prioriza outras empresas de fora.
“É preciso que haja várias ações de políticas públicas para incentivar o comércio local ao desenvolvimento. Lembrar que nosso município tem várias áreas de atuação, que não é preciso ir a outra cidade ou estado para ter os mesmo produtos e mesmo serviços. Exemplo disso são nossos produtores rurais, que produzem todo tipo de alimento e o município poderia orientar e incentivar”, destaca o parlamentar.

Alfredo destacou que a falta de incentivo ao comerciante local, pode estar atrelada à negociatas escusas.
“Não é possível que no nosso município não tenha alguém que não produza um pão e não possa vender para o município por um preço mais em conta ao invés de ter que ir em Teresina pagar por um pão um valor acima de 1 real e ainda ter que gastar por combustível e etc. […] Então nos parece que haja algo bastante nebuloso nisso.”, concluiu o parlamentar.

Para o vereador Pampa, José de Freitas possui potencialidades que são referências e que precisam ser incentivadas.
“Nós temos um artesanato rico, temos as famosas pêtas caseiras, as lingüiças caseiras, a barragem que ta com um turismo adormecido. Olha quanto não ajudava as famílias e agora está largada. É preciso que o poder municipal cobre dos entes responsáveis. Não é possível ver gente que sabe fazer um artesanato rico e fique subutilizada sem gerar renda e até gerando emprego”, enfatizou o vereador.

O grupo de empresários viu o encontro como bastante produtivo e uma forma de pensar no desenvolvimento do município.

Com informação  Pedro Henrique 

Comentar no Facebook