“Estamos prontos para iniciar nossa reabertura no dia 6”, diz Firmino

Matéria publicada em: 25/06/2020 às 18:20

 

O prefeito Firmino Filho anunciou na tarde desta quinta-feira (25/06), através do seu perfil no Twitter que a reabertura econômica de Teresina iniciará no dia 6 de julho, de forma gradual por meio de fases.

Em vídeo, Firmino declarou que a decisão da reabertura gradual das atividades econômicas se deu por meio de uma reunião com representantes do estado e afirmou que nos próximos dias a cidade passará por medidas mais rígidas de isolamento social.

“Tive ainda pouco uma conversa com representantes de várias instituições, inclusive do governo estadual e do Ministério Público, nela falei da necessidade de termos um período de isolamento social mais rígido antes do reinicio das atividades econômicas da capital. Conseguimos avançar, teremos sete dias de fortes restrições na cidade  de Teresina, três dias nessa semana e quatro na próxima. Encaramos essa proposta como pacto pela cidade, não podemos falhar. Diminuir o número de novos casos, hospitalizações e óbitos pela Covid-19 agora será decisivo, não podemos cometermos o erro que outras capitais brasileiras cometeram, reabrindo sem todas as condições e retornando ao isolamento. Já sabemos que vamos precisar conviver com o coronavírus durante um bom tempo, assim é necessário uma estratégia que torne esse convivência o menos sacrificante possível. Já cumprimos vários dos critérios necessários para o inicio da abertura gradual e também estamos vendo indícios que a transmissão do vírus está desacelerando na cidade, chegou a hora do esforço final.” declarou o prefeito.

Envio de profissionais da saúde 

Firmino fez um apelo ao Ministério da Saúde para o envio de profissionais intensivistas para atuar na assistência de pacientes vítimas do novo coronavírus. A demanda foi intermediada pelo senador Ciro Nogueira, que recebeu uma sinalização positiva do ministro Eduardo Pazuello.

Dados da última pesquisa de investigação sorológica sobre o coronavírus em Teresina mostraram que 18% da população está positivada com relação ao vírus, e que 4% está em fase ativa. “Nas últimas três semanas tivemos um agravamento da Covid-19 na capital. Nossas UTIs estão com taxa de ocupação de 81% na rede da cidade e de 90% na rede pública”, lamentou o prefeito.

Fonte: MN

Comentar no Facebook